sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Recentemente fiz um procedimento cirúrgico nos olhos e por causa disso estou fazendo a novena de Santa Luzia.

Oração para todos os dias

Ó Santa Luzia que preferistes deixar que os vossos olhos fossem vazados e arrancados antes de negar a fé.
Ó Santa Luzia cuja dor dos olhos vazados não foi maior que a de negar a Jesus Cristo. E Deus, com milagre extraordinário, devolveu outros olhos sãos e perfeitos para recompensar vossa virtude de fé.
Santa Luzia, protetora, eu recorro a Vós
(Coloque a mão nos seus olhos e faça a sua intenção)
Santa Luzia, proteja a minha vista, os meus olhos...
Santa Luzia, interceda a Deus para curar os meus olhos e preservá-los de todo mal.Ó Santa Luzia conservai a luz dos meus olhos, para que eu possa ver as belezas da criação, o brilho do sol, o colorido das flores, o sorriso das crianças.
Mas, acima de tudo, Santa Luzia, seguindo teu exemplo, conservai os olhos da minha alma, na fé pelos quais, pela fé, com a alma iluminada eu posso ver a Deus e seus ensinamentos para que eu possa aprender contigo e sempre recorrer a vós.
Santa Luzia, iluminai a minha alma com os olhos da fé, pois nosso Senhor Jesus Cristo disse: “os olhos são a janela da alma” (cf. Lc 11,34)
Santa Luzia, que eu possa aprender contigo a firmeza da fé e sempre recorrer a Vós.
Santa Luzia, protegei os meus olhos e conservai a minha fé.
Santa Luzia, protegei os meus olhos e conservai a minha fé.
Santa Luzia, protegei os meus olhos e conservai a minha fé.
Santa Luzia, dai-me luz e discernimento.
Santa Luzia, rogai por nós.
Amém.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Como tudo começou parte 1

Sempre gostei de motos, mas  tinha uma vaga ideia do que seria um moto clube. O que eu conhecia era relacionado ao que via no cinema. De fato não sabia o que era um moto clube. Fui conhecer realmente quando meu esposo se identificou com o Águias do Sol há alguns anos atrás. Ele sempre quis entrar nesse moto clube, porém meu filho mais velho era muito criança e ele achava que não daria conta em participar efetivamente. Na época foi sábia a decisão. Com o passar dos anos ele descobriu onde estava localizada a sede do Águias .Quando ele se tornou pretendente do Águias , me levava aos eventos fui aprendendo principalmente a conduta adequada para pertencer a um grupo. Fui conhecendo os Moto Clubes e fui pesquisando sobre os femininos. Sempre achei maravilhoso mulher pilotar moto acredito que também é uma forma de empoderamento. A mulher não precisa disputar com o homem, mas o homem tem que respeitar o espaço da mulher. Eu vejo a moto como uma ferramenta de transformação e o motoclube o estreitamento de laços uma filosofia de vida.



Visita ao Moto Clube Jesus Cristo Super Star 2014

Moto Clube Di Kaipira 2013

  Moto Clube Amazonas



Minha primeira Reunião do Moto Clube Medusas- Subsede São Paulo 25/10/2016

Simplesmente Merida



  Presidente Bruna MC Medusas

  A próspera Maga recebendo mais uma evolução para a sua caminhada no Moto Clube Medusas
Diretora Nèia
 Eu indo passear no Moto Clube Pinga Óleo

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Pretendente das Medusas

Esse ano tem sido um marco divisor de tudo que acredito e gosto nessa vida. Redescobri uma antiga paixão: a MOTO.
No dia 31 de agosto entrei oficialmente nas Medusas Moto Clube mas a minha paixão começou um pouco antes,  mais de um ano no final  de 2014. Alguns eventos que eu ia acompanhada com o meu esposo observava algumas integrantes das Medusas. A primeira que conheci foi a Tábata ela era pretendente. Conversava com ela, me dava muita atenção, menina super educada e meiga. Assim,  com o passar do tempo ,minha curiosidade aumentava. Depois conheci a presidente Bruna durante um evento no América do Sul em Diadema, fiz meu esposo me apresentar a ela umas 5 vezes rsrsrsrsrs. Depois conheci a Néia no evento dos  Dragões Unidos em SBC. Sempre observei e respeitei todos os moto clubes principalmente os femininos, no caso das  Medusas foi paixão a primeira vista. Me identifiquei com a postura de todas elas em todos os eventos que conseguia encontrá-las. No mês de maio em 2016 a diretora Néia me convidou para conhecer o grupo da Subsede São Paulo, foi em São Caetano. Fiquei admirada ainda mais pelas meninas : Danny, Maga, Samira e Anne. Foi um momento muito importante, divisor de águas. Pedi um tempo para pensar pois para ser Medusa precisa ser motociclista de verdade, ter moto e carta. Eu tinha tudo isso só me faltava mais experiência no trânsito e no manejo da moto. Meu esposo me apoiou em todo o processo. Sua influência positiva foi forte e estimulante.Eu estou bem melhor porém ainda me falta mais segurança enquanto pessoa responsável.Recebo muito apoio das Medusas, e assim minha motivação vem crescendo. Fazer parte de um grupo que colabora e apoia não tem preço. Vida longa Medusas

Moto Clube Dragões Unidos SBC  22/05/2015


Aniversário de 10 anos do Moto Clube Medusas  22/05/2016




  Aniversário do Moto Clube Cavaleiros do Templo 5/06/2016


25/09/2016 Minha primeira participação na reunião das Medusas, dia em que fiz minha ata para o Moto Clube. Sempre fiz atas na minha vida profissional mas desta vez tremi nas bases, fiquei bem  feliz pela responsabilidade.


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Caminhar é preciso

Voltei com o entusiasmo à procura de um curso para aprimorar meus conhecimentos. Quanto mais avanço na técnica mais conhecimento acadêmico vem sendo exigido. Preciso aprender novas ferramentas e melhorar o aprendizado das antigas. Ao mesmo tempo que estou retornando a pilotar minha moto procuro desenvolver habilidades que serão úteis em todos os setores da minha vida. Só que infelizmente não posso pagar os cursos que gostaria de fazer, então vou sobrevivendo com os tutoriais do youtube e da ajuda de meus colegas nos grupos de whatsapp que participo. a tecnologia da informação e comunicação segue lado a lado comigo, não tem como reduzir isso, a minha profissão exige que eu conheça o mundo virtual e desfrute do conhecimento que ele oferece. Minha Merida é uma tecnologia que me ensina muito. Ela me ensina a vencer o medo, me ensina a ter responsabilidade e conduta ética. Comecei a conhecê-la e a reconhecê-la. A moto me mostra o caminho do conhecimento, é uma flecha e eu sou o seu arco.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Ei moça, pare com isso!

Ouvir as opiniões alheias sobre um assunto que toca a sua ferida num primeiro momento te faz sofrer, te faz ficar numa espécie de luto. Durante 3 dias fiquei de luto, mas aprendi que a cada sentimento negativo que aparece troque-o por um positivo que redireciona o seu foco. É o que estou fazendo agora.

Felicidade e redes sociais

Assista o vídeo palestra do professor Leandro Karnal que faz uma excelente reflexão sobre o assunto.






quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Diário de uma sobrevivente

Hoje eu troquei o nome diário de uma sobrevivente por caminhos da Credelania. A palavra sobrevivente refere-se ao seriado e quadrinhos The Walking Dead. Estou esclarecendo novamente isso pois ouve muita má interpretação mesmo eu já ter explicado isso no facebook , twitter e google mais. Eu adoro The Walking Dead e me sinto parte desta história.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Olhos que não vêem

Na sexta-feira passei por uma cirurgia de crosslink por causa do problema que tenho na córnea. Basicamente é uma cirurgia tranquila se comparada com outras de maior gravidade. Mas durante o procedimento, tive uma agonia muito grande, quase me deu pânico por causa da escuridão total que aconteceu devido a substância que era colocada em meus olhos de três em três minutos. Só me acalmei por causa da médica que pegou a minha mão e começou a me tranquilizar. Hoje estou com muito embaçamento e a visão parece torta, estou escrevendo com ajuda. Não quis esperar muito tempo pois poderia esquecer de alguns detalhes.  Passado essa fase retornarei ao hospital para a realização do mesmo procedimento porém no olho direito. Estou muito ansiosa pois acabou atrapalhando o meu treino na moto.
Segue abaixo o link explicando a cirurgia:
http://www.iorj.med.br/cross-link-de-cornea-cxl/

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

O domínio da tecnologia comandada por mim mesma

Boa tarde.

O domínio da tecnologia principalmente  tem se baseado através de experimentação e estudos. A curiosidade também é importante, mas as dificuldades e os problemas te incitam a procurar melhores alternativas para resolução. Nada vem de graça, você tem que ir atrás, abrir a sua boca, abrir os seus olhos usar as suas mãos. Busque que você encontrará.

domingo, 10 de julho de 2016

Moto e paixão, como tudo começou

Meados dos anos 90, quando comecei a frequentar a faculdade senti a necessidade de utilizar um transporte que facilitasse um pouco a correria do dia a dia. Estava cansada de usar transporte público e principalmente  de depender de carona alheia. A minha carta de motorista tirei em 1992 mas não tive apoio para dirigir . A habilitação de moto tirei em 1998 quando tinha comprado uma Dream da Honda semi nova, andava com ela pelo meu bairro enquanto a habilitação oficial não vinha. Uma colega que trabalhou comigo na prefeitura de Diadema tinha uma Dream azul, de vez em quando a via pilotando pra lá e pra cá, fiquei animada. Adquiri a minha Dream vermelha e com ela a minha liberdade. Odeio embreagem por isso que me identifico com esses tipos de moto com pouca cc. Em meados de 2000, quase sofri um acidente na Rudge Ramos e com ele foi embora toda a minha coragem. Voltei a dirigir o carro e desde então fiquei com essa habilidade adormecida. Porém de 2015 até agora estou tentando reviver a minha coragem pilotando a Intruder 125.  Não estou segura emocionalmente para pilotar em longas distâncias , mas estou tentando e em passos de formiguinha. Meu esposo é um grande incentivador e apoia minhas decisões. Vou devagar até readquirir  liberdade perdida.

Sugestão de reportagem sobre motos para mulheres que estão iniciando nessa aventura.
http://g1.globo.com/carros/dicas-de-motos/noticia/2014/03/veja-10-motos-para-mulheres-que-querem-comecar-pilotar.html

terça-feira, 24 de maio de 2016

Motos, mulheres e afins

Estou preparando material e conteúdo sobre motociclismo e empoderamento feminino, vai demorar um pouco para publicar pois demanda muita pesquisa e sensibilidade para o tema. Acredito que registrar determinados temas na internet é uma maneira de valorizar setores principalmente aqueles que são mais oprimidos na sociedade.  Vou resgatar o meu inicio quando comprei a minha primeira moto e os traumas que venho tentando combater. 

terça-feira, 26 de abril de 2016

Ufa

Nada de imitar seja lá quem for (...) Temos de ser nós mesmos (...) Ser núcleo de cometa, não cauda. Puxar fila, não seguir.
Monteiro Lobato
http://pensador.uol.com.br/frases_de_monteiro_lobato/

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Apresentação do TCC Mídias na Educação UFJF

Falta uma semana para a minha apresentação de TCC  da UFJF. A ansiedade está a flor da pele. Meu TCC foi um relato de uma prática que desenvolvi e ainda desenvolvo no laboratório de informática educativa. Falar de si mesmo, considerando os pontos positivos e negativos não foi fácil. Mas eu erro muito, e ainda continuarei errando, graças a Deus. Eu aprendo com os meus erros, eles me ensinam muito. Para tal empreitada, preparei um ppt(power point) bem simples porém usei um recurso que nunca tinha utilizado antes o SMART ART, Achei bem interessante essa ferramenta pois me ajudou a usar palavras chaves de maneira bem didática. Segue abaixo alguns slides para exemplificar o Smart art. Vou em breve ensinar para os meus alunos, principalmente aqueles que estão no final do ciclo autoral, vai ser bem útil para eles no final do ano.




quinta-feira, 14 de abril de 2016

Eu em Nuvem Atividade para o AVA SGP SME SP

Boa noite 
Eu sou uma pessoa bem versátil na medida do possível. Sou multifuncional. Tenho família, vida social intensa e compromissos que sugam muito de mim.
As vezes gosto de ser professora outras vezes fico muito chateada e tenho vontade de puxar o pau da barraca. rsrsrsrs A vida está muito dura para nós professores. 23 anos de magistério nas costas, nunca sai da sala de aula, sempre fui docente decente e discente.






terça-feira, 12 de abril de 2016

Livin' On a Prayer

Once upon a time
Not so long ago
Tommy used to work on the docks
Union's been on strike
Hes down on his luck
It's tough, so tough
Gina works the diner all day
Working for her man, she brings home her pay

For love, for love
She says: "We've got to hold on to what we've got
'Cause it doesn't make a difference
If we make it or not
We've got each other and that's a lot
For love, we'll give it a shot"

Oh, we're half way there
Oh, oh, living on a prayer
Take my hand, we'll make it, I swear
Oh, oh, living on a prayer

Tommy got his six string in hock
Now, he's holding in what he used
To make it talk
So tough, it's tough
Gina dreams of running away
When she cries in the night
Tommy whispers: "Baby, it's okay, someday
We've got to hold on to what we've got
'Cause it doesn't make a difference
If we make it or not
We've got each other and that's a lot
For love, we'll give it a shot"

Oh, we're half way there
Oh, oh, living on a prayer
Take my hand, we'll make it, I swear
Oh, oh, living on a prayer
Living on a prayer
We've got to hold on, ready or not
You live for the fight when that's all that you've got

Oh, we're half way there
Oh, oh, living on a prayer
Take my hand, we'll make it, I swear
Oh, oh, living on a prayer

Oh, half way there
Oh, oh, living on a prayer
Take my hand and we'll make it, I swear
Oh, oh, living on a prayer
Oh, we're half way there
Whoah, living on a prayer
Vivendo Em Oração

Era uma vez
Não a tanto tempo atrás
Tommy trabalhava nas docas
O sindicato entrou em greve
Ele estava sem sorte
É difícil, tão difícil
Gina trabalha numa lanchonete o dia todo
Trabalhando para seu homem, ela traz o seu salário para casa

Por amor, por amor
Ela diz: "Temos que nos agarrar ao que temos
Porque não faz diferença
Se conseguiremos ou não
Nós temos um ao outro e isso já é muito
Por amor, nós iremos tentar"

Oh, estamos quase lá
Oh, oh, vivendo em oração
Segure a minha mão, nós vamos conseguir, eu juro
Oh, oh, vivendo em oração

Tommy está com seu violão penhorado
Agora, ele está apegado ao que tinha antes
Para fazer o violão voltar a falar
Tão difícil, é difícil
Gina sonha em fugir
Quando ela chora à noite
Tommy sussurra: "Querida, ficará tudo bem, algum dia
Temos que nos agarrar ao que temos
Porque não faz diferença
Se nós conseguiremos ou não
Nós temos um ao outro e isso já é muito
Por amor, nós iremos tentar"

Oh, estamos quase lá
Oh, oh, vivendo em oração
Segure a minha mão, nós vamos conseguir, eu juro
Oh, oh, vivendo em oração
Vivendo em oração
Nós temos que suportar, estando prontos ou não
Você vive pela luta quando ela é tudo o que você tem

Oh, estamos quase lá
Oh, oh, vivendo em oração
Segure a minha mão, nós vamos conseguir, eu juro
Oh, oh, vivendo em oração

Oh, estamos quase lá
Oh, oh, vivendo em oração
Segure a minha mão, nós vamos conseguir, eu juro
Oh, oh, vivendo em oração
Oh, estamos quase lá
Whoah, vivendo em uma oração

https://www.letras.mus.br/bon-jovi/4932/traducao.html

domingo, 27 de março de 2016

Diagnóstico sobre o uso de mídias nas escolas

http://porvir.org/estudo-faz-diagnostico-uso-de-midia-ensino-rio-de-janeiro/

Leia essa reportagem, condiz com a nossa realidade. aparentemente temos tudo mas na prática as dificuldades são astronômicas.
Internet compartilhada com a escola inteira porém com velocidade baixíssima, manutenção, estudo de mídias e de novas experiências, fugir da mesmice e outras ações que atrapalham a atividade docente tem que ser avaliadas e principalmente propor ações para resolver os problemas que as escolas sofrem .

segunda-feira, 14 de março de 2016

Bibliografias de informática

Educação e Informática - Os Computadores na Escola - Coleção Questões da Nossa Época   Autor: Almeida, Fernando Jose de
   Editora: Cortez

 Informática na Educação   Autor: Tajra, Sanmya Feitosa
   Editora: Érica

 Educação Escolar e as Tecnologias da Informática   Autor: Pais, Luiz Carlos
   Editora: Autêntica Editora

 Informática na Educação   Autor: Moraes, Raquel Almeida; Galvão, A. M.; Urani, A.
   Editora: DP&A

 Informática na Educação - Representações Sociais do Cotidiano   Autor: Carneiro, Raquel Gianolla Miranda
   Editora: Cortez

 Informática na Educação Escolar - Coleção Polêmicas do Nosso Tempo   Autor: Cox, Kenia Kodel
   Editora: Autores Associados

 A Informática Educativa na Escola   Autor: Llano, Jose Gregorio de; Adrian, Mariella
   Editora: Loyola

 A Máquina das Crianças - Repensando a Escola na Era da Informática   Autor: Papert, Seymour
   Editora: Artmed

 Dominando a Informatica - Série Escola Viva   Autor: Castro, Sergio
   Editora: Brasport

 Novos Projetos com o Bits - Série Informática na Escola   Autor: Tajra, Sanmya Feitosa
   Editora: Érica

 O Bits em Novas Ações - Série Informática na Escola   Autor: Tajra, Sanmya Feitosa
   Editora: Érica

Estou bege!!!!

Hoje pratiquei a resiliência. Hoje Deus falou em meus ouvidos: Calma! Amanse seu coração! Aguente!! Você vai pular essa barreira.  Não fiquei triste,  apenas de boca aberta. Sensibilidade, tolerância, fé, calma e amor. Vista a minha pele, eu já vesti a sua.  Veja com os olhos do coração. Humildade, somos da mesma carne. Ninguém é superior a ninguém. Eu ensino e aprendo.  Uma cacetada levei, cai e levantei. Falar eu falo , ouvir é a sua opção. Defenda os bons ok? Seja justo ou justa! Conversa , fique do mesmo nível. Hoje morreu uma admiradora mas nasceu uma observadora. 

terça-feira, 8 de março de 2016

Bem vinda a realidade.

Boa noite
Esse começo de bimestre como de qualquer ano costuma ser bem corrido e tumultuado. Corro por causa do tempo escasso e da demanda enorme de afazeres. A diferença que estou escrevendo em forma de lista as minhas tarefas e estou me dando um mínimo possível de atividades para resolver durante o dia, na semana ou no mês. Os prazos que estou estabelecendo são de médio a longo. Algumas prioridades estão no topo mas requerem muitos meses para que eu consiga realizar. Assim tem reduzido a minha ansiedade. Agora outro fator que tenho que combater dentro de mim são as expectativas que espero das pessoas, aceito o que puder me oferecer, pode ser sua atenção, alguma tarefa ou apoio.  Nada a mais.  Eu ainda acredito no trabalho colaborativo, na formação de grupos e de uma comunidade. Acredito sim, utopia!! Possivelmente seja uma utopia. Mas a vida segue.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Bibliografias que utilizei para o meu TCC Mídias na Educação

REFERÊNCIAS
ALMEIDA, Maria E. B. & PRADO, Maria E. B. B. Um retrato da informática em educação no Brasil. 1999. Endereço Eletrônico: http://www.proinfo.gov.br. Data da consulta: 08/06/2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Ensino Fundamental. Parâmetros
curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CENPEC. Coleção Educarede: Internet na escola. São Paulo: CENPEC, 2006, 5.
volumes. Disponível em . Acesso em 3/1/2015.
FISCHER, Julianne. Sugestões para o desenvolvimento do trabalho pedagógico. Editora Ática 1996, p. 39.São Paulo
FONSECA, Lúcio. Tecnologia na Escola. 2001. Endereço Eletrônico: http://www.aescola.com.br/aescola/seções/20tecnologia/2001/04/0002. Data da consulta: 05/06/2015.

JENKINS, H. Cultura da Convergência. São Paulo, Aleph, 2009.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Loyola, 1998.
MORIN, Edgar. O pensamento complexo, um pensamento que pensa: In: Morin, Edgard; LE MOIGNE, Jean-Louis. A inteligência da complexidade. 2 ed. São Paulo: Petrópolis, 2000 p.135.
OLIVEIRA, V. B. & FISCHER, M. C.. A microinformática como instrumento de construção simbólica. OLIVEIRA, V. B.. Informática em psicopedagogia. São Paulo: Editora SENAC SP, 1996.
PAIS, L.C. – “Educação Escolar e as Tecnologias da Informática” - Belo Horizonte: Ed.Autêntica, 2002 –.
PIAGET, Jean. A Epistemologia Genética. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.
SAMPAIO, M.N. “Alfabetização Tecnológica do professor”/Marisa Narciso Sampaio, Lígia Silva Leite.__Petrópolis, RJ:ed.Vozes, 1999.

SÃO PAULO (Cidade) Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação
Técnica. Projeto Toda Força ao 1o. Ano. São Paulo: SME/DOT, 2006.
Caderno de orientações didáticas Ler e escrever tecnologias na educação
SETTE, S. S. et al. Formação de professores em informática na educação. Endereço Eletrônico: http://www.proinfo.gov.br. Data da consulta: 08/06/2001.
TAJRA, S. F. “Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor da atualidade” –São Paulo: Érica. ed.renovada (2001).
VALENTE, J.A. “O Professor no Ambiente Logo: Formação e atuação”/José Armando Valente, organizador__Campinas, SP:UNICAMP/NIED,1996.
______________ “O Computador na Sociedade do Conhecimento” – Coleção Informática para mudança na Educação-MEC-SED-PROINFO.
_______________“Formação de Educadores para o uso da Informática na escola”-Campinas,SP: UNICAMP/NIED,2003.
_______________“Aprendendo para a vida: os computadores na sala de aula”/José Armando Valente, Fernanda Maria Pereira Freire(orgs)-SÃO PAULO,SP: Cortez, 2001.
WEISS, A.M.L. “A informática e os Problemas escolares de aprendizagem” /Alba Maria Lemme Weiss, Mara Lúcia Reis Monteiro da Cruz__RJ: ed.DP&A, 2001 3ª edição.
WEFFORT, Madalena Freire. Observação, Registro e Reflexão. São Paulo: Espaço Pedagógico, 1996.







Medo combatido é uma guerra quase vencida

Estou retomando o uso da moto. Não piloto desde meados de 2000, tive um pequeno susto que causou um pequeno trauma na época. Ainda tenho medo mas a necessidade está me obrigando a reaprender a pilotar uma moto. Contratamos um instrutor para habilitados e até agora tive 4 aulas práticas, nos fins de semana pretendo pilotar na minha rua e aos poucos vou  dirigindo pelo bairro. Bem devagar sem afobação.  Está cada dia mais difícil estacionar o carro, a moto é muito prática porém ainda não tenho muita firmeza, cometo muitos erros ainda.  A minha fé está reacendendo e peço a Deus que não deixe a chama se apagar, preciso muito dele ainda. Proteção espiritual é a melhor arma, me faz acreditar que dá para melhorar . Tenho sorte, apesar das dificuldades estou conseguindo me organizar, ainda não está do jeito que eu gostaria, continuo com a atividade física, meu professor de educação física montou uma dieta para mim, eu estava sentindo muita fraqueza com o treinamento da musculação. Meu problema era e ainda é a má alimentação, vou seguir a sugestão dele e me policiar. Não ´posso ficar doente e nem fraca, tenho muita coisa para fazer nesse ano além do trabalho e do estudo estou focando melhor em meus filhos e no lazer.  Coisas simples do dia a dia, sem luxo , sem ostentação. Só beleza, saúde, paz e alegria.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

A Difícil arte de planejar

Hoje acordei bem cedinho, peguei uma agenda e escrevi palavras chaves para me nortear. Infelizmente não posso pagar uma empregada doméstica, não sou classe média, teimam em dizer que sou mas EU não sou. Sou uma operária da educação, não tenho statos , não tenho luxos. Assim, eu mesma faço tudo dentro da minha capacidade e limite. Tenho família e muitas obrigações e necessidades. Quando posso, vou no salão de cabeleireiro para me embelezar. Eu gostaria de ir toda a semana, não consegui. Essa semana que se inicia pretendo ir, pelo menos na manicure e depiladora. Como sempre falo, ser mulher não é fácil. Tenho sobrevivido a tudo isso. Ainda bem que estou com saúde física e mental, mas preciso tomar alguns cuidados. Excessos nunca mais. Garanti a atividade física na semana, o restante se der.
É muito fácil pensar que isso que relatei qualquer um consegue, NÂO é verdade,  è muito difícil. principalmente para mulheres como eu. Trabalho, estudo e tenho família.  Vou me limitar aos meus horários extra casa, fazer tudo que eu conseguir dentro dos limites que me são oferecidos. Nem a mais nem a menos.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

2016 Feliz Ano Novo

Como já havia comentado esse ano vai ser o meu ano. O ano em que não farei nada de exagerado, nada que me impeça de ser feliz. Amo minha família e as minhas amizades. Estou de boa, vou curtir a vida com respeito e dignidade. As cacetadas me ensinaram muito e bota muito nisso.  

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Feliz Ano Novo

Oi gente, tudo bem? Espero que sim. hoje é o meu último dia de férias. Descansei e passiei bastante. Meu TCC está quase pronto só falta o aval da minha tutora para imprimir e enviar de vez para a UFJF. Não planejei nada para esse ano, só desejo que as coisas fluem de maneira mais tranquila e feliz. Em breve será o meu aniversário, não vou criar expectativas, a minha idade já não permite mais. Vou curtir melhor a vida, o que vier de bom será lucro. Adoro estudar mas a dedicação para isso tem que ser repensada, quase gastei uma fortuna com um curso que só serveria para melhorar a minha prática mas não iria influenciar no meu salário.